sexta-feira, 29 de abril de 2011

O casamento real

Hoje o assunto que toma conta do mundo é um só: o casamento da plebéia Kate com o príncipe William.
Todas nós já sonhamos um dia com o príncipe encantado, lindo, que nos levaria para viver em um palácio cercadas de luxo e riqueza, sendo servidas por milhares de empregados.
Poucas realizam esse sonho... hoje foi a vez de Kate.

Vestido é longo, branco, e tem mangas rendadas. (Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters)

Ao ver Kate entrar na Abadia, desejei sinceramente que ela seja mais feliz que Diana. Que consiga conviver com o peso de pertencer à Família Real e a obrigação de cumprir tantos protocolos.
Pertencer à monarquia está longe de ser um conto de fadas. Kate terá que abrir mão de seu apelido, de boa parte de sua vida pessoal, dos planos de uma carreira. Sem falar na privacidade, algo quase inexistente.

Muitas vezes a compararam com Diana, e eu sempre achei isso terrível e sem sentido. Mas, durante a cerimônia, também fiz a minha comparação:
Kate entrou sorridente e confiante na Abadia de Westminster para encontrar o seu príncipe, que a esperava ansioso, emocionado e visivelmente feliz.

Fala de William foi identificada por especialista em leitura labial (Foto: PA)

 Diana entrou linda, com um sorriso ingênuo de quem realiza um sonho de conto de fadas, e encontrou um príncipe abatido e apático, que apenas esperava para cumprir a obrigação de ter uma esposa.

Após a cerimônia, Kate e William desfilaram em carro aberto, e a felicidade estava estampada no rosto dos dois.


Diana e Charles também desfilaram em carro aberto, mas a alegria dela se contrasta com o sorriso amarelo dele...

E o tradicional beijo dos noivos:
William, mais alto,  se enclina em direção à Kate, que recebe o beijo com um leve sorriso.

Após cerimônia em Westminster, casal se beija em público (Reprodução)

Diana, mais baixa, se estica em direção à Charles, que recebe o beijo sem fazer qualquer expressão.

A julgar pelas fotos, creio que William e Kate têm mais chances de serem felizes.


Quanto à nós, meninas crescidas, voltemos à realidade dos nossos príncipes e aos nossos castelos, bem menores e menos glamurosos, mas  não menos encantadores, e sobre os quais podemos ser rainhas absolutas!

Bom fim de semana para todas!
Beijos

Fotos: G1, R7 e Google

5 comentários:

Vi por aí... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Giuliana: disse...

Oi Sandra,

A comparação é inevitável, e a diferença no entusiasmo é visível. Tomara que eles sejam muito mais felizes e com um casamento bem sucedido, do que os pais dele que tiveram um casamento fracassado desde o momento em que adentraram a igreja. ;oD

Beijos

Adriana Candida Carneiro disse...

tb concordo
so tenho pena dela de ter um sogro tao apatico e ridiculo e uma sogra las das cornualias...rsrs
Deus queira que eles sejam realmente muito felizes... torco por eles realmente...

Vanessa Biali disse...

Oi, Sandra!
Também torço que eles sejam muito felizes. A cerimônia estava lindíssima.
Obrigada pela sua visita! Cinza não é a minha cor preferida, mas para combinar com outras peças é sempre um curinga muito bem-vindo... ;-)
Beijos,
Vanessa

Nathalia disse...

Sandrinha, que analogia linda! Espero que os noivinhos sejam mesmo bem felizes... Fiquei suspirando a sexta-feira inteira por conta desse casamento de contode fadas...

Beijo!