quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Ter um filho nerd é... (parte 2)

Saber que ele levou um cone (é, destes de trânsito mesmo) para a CPBR5, ir à galeria de fotos do G1 e verificar todas as fotos até achar o cone em 2. E depois, é claro, tentar localizar o filho...

3 comentários:

Chris* disse...

Muito divertido seu blog!!!
Já estou seguindo e se puder seguir o meu também, agradeceria muito!!!

http://therevolucaonerd.blogspot.com

Casa com tudo dentro disse...

É verdade Sandra ver a alegria dos filhos não tem preço,beijinhos e bom fim de semana!

Vanessa Artes Manuais disse...

Ai que coisa feia ter um filho nerd!rsrsrs Como se a mãe não fosse também , vai dizer que vc não gosta de saber das novidades de artesanato ? Ouvi dizer que ser nerd é gostar de saber das novidades, querer ter as coisas mais modernas e outras definições legais e positivas. Eu sou nerd, adoro tecnologia , quero sempre estar antenada (como se fosse possível)seja tecnologocamente ou artesanalmente. Super legal vc ter financiado a ida do filhote ao Party , eu mesma gostaria de ter ido com a minha filha mais velha( anos) que adoooooora tecnologia, mas como tenho duas , uma tec e outra nat não deu (ainda).
Beijos no coração e parabéns pelo filho tri .Até breve.