quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Minha sala: início frustrante

Tudo começou no sábado. Finalmente havia chegado o dia de eu poder ir comprar os móveis para a minha sala. levantei cedo e peguei estrada, minha intenção era pegar as lojas abrindo. Por causa da pequena parada na casa da minha mãe, um bate papo com a minha irmã que também estava por aqui e uma espera pelo despertar do meu sobrinho fofo, acabei me atrasando um pouco. Com um pouco mais de pressa que o habitual consegui correr todas as lojas da cidade. E o resultado foi frustrante: não consegui comprar nada!
Nada, absolutamente nada!
Parecia que todas as lojas conspiravam contra mim, com seus sofás enormes, com chaise, reclináveis, tudo o que ocupa espaço maior do que minha pequena sala comporta. 
Mas tudo bem, no fundo eu já havia me decidido por comprar aquele sofá, mesmo que pelo catálogo. Então, porque não me concentrar na poltrona? 
A poltrona... ah, minha maior tristeza! Parece que ninguém, além de mim, quer ter uma cadeira na sala! Em todas as lojas, era a mesma coisa, nenhuma, nem pelo catálogo!
Quer dizer, pelo catálogo consegui em uma... me pediram um absurdo! Iria custar 50% a mais que o sofá!!!! Como assim? Nananinanão! Meu lado muquirana não permite isso! Até 1/2 sofá vá lá, mais que isso, nem pensar!
Volto pra casa abatida, desencantada da vida... 
Opa! Mas eu não tinha escolhido um sofá? Corro na loja pra fazer o pedido. E a resposta é desoladora: a fábrica só aceita novos pedidos a partir de janeiro de 2013.
Resultado: Vou virar o ano com a sala vazia. 
E se o pedido do sofá me soa como uma luz no fim do túnel, todo o resto da sala ainda vive na mais profunda escuridão! 
Uma cadeira assim é tudo o que eu procuro no momento.
Foto: Estofados Nova América  (que não faz venda direta a consumidor)

Oh pai, onde será que poderei encontrar uma cadeira que custe apenas o preço de uma cadeira? 
Pronto, desabafei!

6 comentários:

Daca disse...

É minha amiga...quase quer você parodia também o restante da música "cenas de sangue no bar" porque é mesmo de morrer qdo se quer comprar algo que ninguém tem para oferecer. sei bem o que você está dizendo pq minha casa está com os móveis todos desapropriados para o tamanha do nosso apartamento e achar algi que caiba é só em catálogo é caro e demora muito. Te entendo perfeitamente e se te consola coloca lá umas lindas almofadas e se joga no chão e deixa a vida ir te levando pois talvez ainda apareça uma linda e maravilhosa poltrona para você chamar só de sua...hehehehe.
Beijão
Daca

Rô Garbuio disse...

Oi Sandra! Não desanime! Procure na sua cidade estas oficinas de estofamento, eles fazem reformas de estofados e as vezes tem produtos deles para vender, fica bem mais em conta e você poem o tecido que quer. Além de ser um produto exclusivo.
Nós já reformamos nosso estofado e valeu muito a pena, porque os que são bons são muiiitooo caros e os baratos são muuuiiitooo rebinhas e não aguentam nada.
beijos
Rô Garbuio - Koisas Bonitas Crochê

Mariana disse...

Poxa, que chato isso... Já olhou na tok stok? Tem uns sofás que parecem grande, mas quando você clica nele, você pode alterar as medidas, e tem muitas. E também tem lá os sofás que são em modulo, ou seja, você pode comprar quantos módulos quiser, se for pequena, compra dois, juntos fazem um sofá pequeno. Já viu isso? Não sei, só estou tentando ajudar. Mas nem me fale em cadeira, é tudo TAOOO caro, tudo que eu gosto é caríssimo, dá até deprê mesmo, mas fique tranquila, você vai achar! procure na internet, as vezes eles entregam em casa :) beijos!

Fabiana Tardochi disse...

Oi lindona!

Não desanime!
Você conseguirá comprar tudo o que deseja e pelo preço justo. Já procurou nos sites tipo lojas KD, Meu móvel de madeira, Oppa, ETNA, Tok StoK???
Todos tem as especificações e tamanhos...quem sabe vc consegue um que te agrade.

Um beijo

Fabia disse...

Gostaria de te convidar para conhecer minha loja virtual, a FaberShop (www.fabershop.com.br), e participar do sorteio do maxi colar na Fanpage do Facebook (www.facebook.com/lojafabershop).
Obrigada!

Anita Galvão disse...

Não desanime, acabei de redescontar minha casa inteira e foi uma peregrinação sem fim aré que tudo estivesse assim como eu queria... Veja só, quando o assunto é dinheiro querida, deixe de procurar em lojas de coisas novas, recicle, procure brechós e lojas de moveis usados... Se preocupe em garimpar o modelo que te agrada, o restauro você faz depois, posso te garantir que é o mais barato, pra você ter idéia essa semana vi em um antiquário na minha cidade um sofá de dois lugares da década de 60, captonet, preto em curvim, claro, precisando de reforma por 1.200 reais, mas a estrutura era ótima, depois de pronto ele com certeza valeria cinco mil...
Beijos querida e força na peruca... Kkkk